Disintegration

Publicado: setembro 15, 2010 em general insanity, music, series

Este é um daqueles momentos caros, quando sou lembrado por palavras proferidas, imagens (i)maginadas e melodias entonadas: sou escravo das ficções do meu coração (e brega e piegas), e ele canta o seguinte para mim:

I wonder why I’m so caught off guard when we kiss.
I rather live my life in regret than do this.
What happened to the love we both knew, we both chased?
Hanging on a cigarette, you need me,

You’ll burn me.

Yes you do.

Anúncios
comentários
  1. V. disse:

    uia, visual novo!
    (bem daquelas que nem lê, ou lê e nao pensa, só comenta pra dizer que veio aqui huhduahsuhausa)
    😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s