Here I Am

Publicado: julho 16, 2010 em general insanity, sketches
Tags:, ,

Então, cá estou.

Depois de meses sem tocar o teclado com o intuito de escrever, nada mais adequado do que escrever aqui primeiro. Não faço porque busco adequação, não. Faço porque sinto necessário, porque sinto algo que me faz querer correr, gritar, dançar como um gato em escadarias. Sinto-me vivo invés de sobrevivo. Sinto-me livre e com medo. Sinto que escrevi a palavra sinto o suficiente para décadas de escrituras.

Mas sinto.

Portanto, aqui vai:

“A História de Barro-Seco

Barro-Seco é uma cidade no meio do estado. É dona de frio montanhoso no inverno, calor diabólico no verão e de umidade olímpica o ano inteiro. A cidade não é muito grande,  mas tem o que a maioria do pessoal precisa: uma praça, na frente da igreja, ladeada pela fruteira do Seu Mello e o Clube Parnaense. Esses lugares, mais os estabelecimentos comerciais ao redor, formam o centro da cidade. Mas o que torna Barro-Seco interessante não é a praça ou a fruteira, tampouco a igreja ou o Clube Parnaense. O que torna Barro-Seco um lugar único no estado são seus habitantes ilustres. Você vê, Barro-Seco é o lugar onde sonhos vêm para morrer.”

Por enquanto é isso. Mas embora os sonhos morram em Barro-Seco, os sonhos de Barro-Seco vivem. Onde?

Na minha cabeça. E, agora, aqui.

Anúncios
comentários
  1. disse:

    it’s good to see you again! =)

    isso me lembra cidades invisíveis, do calvino.
    very pretty!

    🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s