How They See You

Publicado: janeiro 23, 2009 em general insanity

Às vezes nos esquecemos de nós mesmos. De quem somos. Do que podemos fazer. Ficamos presos nos nossos dias tombados, pequenos, labirintinos e ladrões de esperança. Mas embora pareça fundo, e às vezes seja mais fundo do que parece, acho que quando isso acontece, tudo que precisamos é que alguém nos lembre. Mais precisamente:

Do not let your fire go out, spark by irreplaceable spark, in the hopeless swamps of the approximate, the not-quite, the not-yet, the not at all. Do not let the hero in your soul perish, in lonely frustration for the life you deserved, but have never been able to reach. Check your road and the nature of your battle. The world you desired can be won.

It exists,

It is real,

Iit is possible,

It is yours.”

It is now.
Thanks for reminding me.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s