The Only Ash is Life

Publicado: fevereiro 20, 2008 em general insanity, real life, series

Hoje eu fui lembrado que amor, verdadeiro amor, é sobre sacrifícios.

Fui lembrado de que a única coisa que deixamos para trás ao vivermos é a própria vida. A vida que foi. Estamos sempre entre os impossíveis o que pode ser e o que poderia ter sido, mas o assustador fato é de que estamos para sempre atrelados ao que é.

Amarrados. Condenados. Apaixonados. Redimidos.

Vivos.

O verdadeiro amor, é viver.

Let’s drink to that.

 

Anúncios
comentários
  1. V. disse:

    isso aí, use filtro solar! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s