The Eye

Publicado: setembro 21, 2007 em general insanity

O tempo está estranho de novo. Não tempo Tempo, tempo clima. O normal do tempo Tempo é estranho, então eu não diria que ele ficou estranho e sim que ele ficou mais estranho. Já o tempo clima não deveria ser estranho, mas aparentemente aqui ele o é volta e meia. Logo, o tempo está estranho de novo.

É. Parece que quando as pessoas não têm o que falar umas com as outras elas realmente apelam para o clima. É uma das muitas coisas que liga a todos. Todos vivemos sob as intempéries do mundo, tanto literais quanto metafóricas. Algumas dessas intempéries são deveras mais interessantes do que as outras. Em alguns casos, as pessoas envolvidas gostariam que suas intempéries fossem um pouco menos interessantes. Em outros, os envolvidos deitam desanimados desejando que suas intempéries fossem ao menos um pouco menos entediantes.

Agora, vez que outra, surgem aquelas pessoas que carregam consigo uma verdadeira tempestade, e os relâmpagos e trovões que escapam delas são tão intensos que deixam marcas por onde e quem quer que elas passem.

E as vezes, elas nem notam.

Anúncios
comentários
  1. V. disse:

    ADOREI esse texto!

    parece um OFF inicial de um filme muito bom… ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s