In a Dream of Mirrors

Publicado: setembro 11, 2007 em general insanity, real life

Eu não me considero uma pessoa de mudanças de humor extremas. Eu certamente preencho a full range de emoções e posso passar de um terrível mau-humor para uma total e aprazível felicidade em um mesmo dia, mas isso geralmente está conectado à falta de comida.

Agora, existe algo que me escapa do controle absolutamente e eu não sei por que. Alguns dias eu sou a pessoa mais motivada do mundo, mas em outros eu não consigo levantar o braço para ir pegar comida na geladeira (o que pode levar aos baixos de humor. low blood sugar anyone?). O que faz eu me sentir ainda pior, é ver o esforço dos dias em que estou bem serem tragados para os confins escuros do Universo nos dias em que estou, parafraseando uma Peste, estranho.

Isso me arremessa em ciclos delirantes, onde eu não sei bem onde estou ou o que estou fazendo. Faz com que eu me sinta perdido num labirinto de espelhos onde às vezes, e só às vezes, eu posso vislumbrar a saída. E então eu descubro que era mais um truque de visão, an illusion of sorts.

Eu não queria ser iludido até o dia em que eu não puder mais percorrer os corredores estreitos desse labirinto, sem mãos e com o espírito estilhaçado pelos milhares de fragmentos perdidos de uma vida vivida apenas em reflexos.

Not at all.

Anúncios
comentários
  1. V. disse:

    não vai. don’t worry. we wont let you 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s